O reitor da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Vicemário Simões, disse, nesta quarta-feira (17), que a parceria público-privada nas universidades federais é um caminho que não tem volta. Na manhã desta quarta, o Ministério da Educação lançou o programa Future-se, que permite a universidades e institutos federais captar recursos de empresas para financiar suas atividades.

“Vejamos o estado da Paraíba. Quem está administrando o Hospital de Trauma? Uma Organização Social. Quem administra a frota de veículos, os serviços de terceirização, tudo é o setor privado. Vemos uma ou outra reclamação, mas é o mundo moderno hoje, não tem como voltar o caminho mais”, afirmou Vicemário.

Vicemário Simões ainda espera receber o projeto completo do MEC para tratar do assunto com os dirigentes da instituição. “O país é muito grande, são muitas universidades federais, cada qual com sua peculiaridade e regionalidade e é preciso que respeitemos”, disse.

“Não dá para aceitar tudo que o MEC quer, até porque o país é muito grande, são muitas universidades federais. O debate também tem que aflorar dentro da instituição, tem que ser discutido entre nós, dirigentes, para conhecermos melhor o projeto. Estamos esperando receber o projeto completo para fazer o debate”, concluiu.

Compartilhe este artigo
Imagem do anúncio
loader-image
Paraíba, BR
14:57, 22/05/2024
temperature icon 31°C
algumas nuvens
Humidity 41 %
Pressure 1013 mb
Wind 25 Km/h
Wind Gust Wind Gust: 25 Km/h
Clouds Clouds: 17%
Visibility Visibility: 0 km
Sunrise Sunrise: 05:30
Sunset Sunset: 17:15
- Anúncio -