O pequeno Heitor Alexandre Brandão, de apenas dez meses, que lutava contra o tipo um da Atrofia Muscular Espinhal (AME), faleceu na manhã deste sábado (27).

O bebê recebeu o diagnóstico da doença com apenas um mês de vida. A família comunicou o falecimento através da conta oficial do Instagram.

A corpo está sendo velado na casa dos avós, em Itaíba, no Ageste do estado, e o enterro está previsto para acontecer ainda neste sábado, às 16h.

Há cerca de três meses, a família de Heitor havia conseguido que o Sistema Único de Saúde (SUS) disponibilizasse o medicamento que auxilia no tratamento dos portadores de AME, o que melhorou o estado de saúde da criança na época.

A Atrofia Muscular Espinhal é uma doença genética que interfere na capacidade do corpo de produzir uma proteína considerada essencial para a sobrevivência dos neurônios motores. Sem ela, eles morrem e, consequentemente, os pacientes vão perdendo controle e força muscular, ficando incapacitados de se mover, engolir ou mesmo respirar. O quadro é degenerativo e não há cura.

OP9
Compartilhe este artigo
loader-image
Paraíba, BR
01:42, 25/07/2024
temperature icon 16°C
céu limpo
Humidity 96 %
Pressure 1019 mb
Wind 12 Km/h
Wind Gust Wind Gust: 33 Km/h
Clouds Clouds: 10%
Visibility Visibility: 0 km
Sunrise Sunrise: 05:39
Sunset Sunset: 17:25
- Anúncio -
- Anúncio -