O Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) interditou eticamente, na manhã desta sexta-feira (09), a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Arlinda Marques, no bairro de Jaguaribe, em João Pessoa. A interdição começa a partir da zero hora deste sábado (10).

A interdição ética impede os médicos de trabalharem na unidade, em função do risco para os profissionais e para os pacientes.

A decisão se deu após fiscalização da equipe do CRM ao local, nesta manhã, dia 9 de agosto. Na última quarta (7), o CRM-PB deu um prazo de 48 horas para que a Secretaria de Saúde Estadual providenciasse segurança armada no hospital, após ameaças do pai de uma criança internada contra a equipe de profissionais do hospital e pacientes da UTI pediátrica.

João Alberto Pessoa, diretor de Fiscalização do CRM-PB, informou que na próxima quarta-feira (14), a equipe de fiscalização do CRM-PB irá retornar ao hospital para verificar se foi providenciada a segurança do hospital. Caso contrário, o Conselho poderá interditar eticamente também o Pronto Atendimento do hospital. O diretor de fiscalização explicou ainda que as interdições éticas realizadas pelo CRM-PB impedem o médico de atender nas unidades de saúde. No entanto, os pacientes que ainda estiverem internados continuam recebendo assistência médica, mas não há novas internações na unidade.

Compartilhe este artigo
Imagem do anúncio
loader-image
Paraíba, BR
21:25, 19/05/2024
temperature icon 21°C
nublado
Humidity 96 %
Pressure 1016 mb
Wind 14 Km/h
Wind Gust Wind Gust: 32 Km/h
Clouds Clouds: 54%
Visibility Visibility: 0 km
Sunrise Sunrise: 05:29
Sunset Sunset: 17:15
- Anúncio -