O Treze empatou com o Atlético-CE na noite desta quinta-feira (20), em partida válida pela 10ª rodada da Série D, no Amigão, em Campina Grande/PB. No entanto, os holofotes do jogo ficaram com o árbitro Felipe da Silva Gonçalves Paludo, que foi amplamente criticado pelo técnico Waguinho Dias e pelos torcedores do Galo. Hoje (21), o Alvinegro do São José informou que fará uma representação oficial contra o árbitro e chamou o mesmo de ”desqualificado”.

O time paraibano argumenta que, no pênalti marcado para o Atlético-CE, o contato da falta teria acontecido fora da área. Na nota emitida hoje, a equipe de Campina Grande/PB informou que o assistente do jogo havia alertado o árbitro de que a falta teria sido cometida fora da área, mas Felipe da Silva manteve a decisão de assinalar o penal para a Águia da Precabura.

O Treze também reclama que o árbitro deveria ter marcado um pênalti a seu favor em um lance onde a bola bate no braço do jogador do clube visitante após a cobrança de escanteio.

Confira a nota emitida pela equipe paraibana:

”Rebaixado das séries A e B do Campeonato Brasileiro, Felipe da Silva Gonçalves Paludo foi enviado ontem à noite a Campina Grande para protagonizar os episódios que escandalizaram todos que viram a partida entre Treze e Atlético-CE.

Todos que viram as imagens estão estarrecidos com a incompetência e deslealdade de um agente tão desqualificado.

A decisão sobre o pênalti para o adversário é escandalosa e suficiente para que ele seja punido com rigor e suspenso de atividades esportivas. Ele não tinha condições de determinar a falta. E ainda que optasse pela falta, a distância entre o suposto ponto de contato e a linha da área é enorme. Ninguém comete um erro tão grosseiro, com o resultado tão impactante para o jogo.

É revoltante saber que o assistente estava na linha da jogada e chamou o árbitro, informando que o contato havia acontecido fora da área. Mas a decisão de prejudicar o Treze era firme, e Felipe sequer escutou, ainda expulsando o atleta. Covardemente, não relatou o episódio nem o alerta do assistente na Súmula, embora todos os atletas próximos tenham presenciado o diálogo.

Ao final da partida, deixou de assinalar pênalti claro para o Treze em que o jogador do Atlético levanta a bola com o braço. Ao contrário do pênalti que marcou a distância para o adversário, neste lance Felipe estava próximo à área e com visão clara da jogada, visível ao auxiliar.

Não foram erros. Foram lances capitais, deliberadamente decididos contra o Treze, mesmo tendo sido alertado pelo auxiliar de que a marcação estava errada. Não é possível que uma irresponsabilidade dessa magnitude fique impune.

Este indivíduo não funcionará mais em partidas do clube. Ele será representado imediatamente, para que pese sobre ele a vergonha pública pela irresponsabilidade que protagonizou, e que receba a punição justa.

Encaminharemos à CBF as imagens que demonstram o prejuízo que sofremos em função da arbitragem. Uma injustiça intolerável, um risco que a CBF conhece e que não é justo impor a quem está trabalhando com seriedade para viabilizar o clube”.

Compartilhe este artigo
Deixe um comentário
loader-image
Paraíba, BR
16:58, 21/07/2024
temperature icon 24°C
nuvens dispersas
Humidity 59 %
Pressure 1016 mb
Wind 26 Km/h
Wind Gust Wind Gust: 32 Km/h
Clouds Clouds: 27%
Visibility Visibility: 0 km
Sunrise Sunrise: 05:39
Sunset Sunset: 17:24
- Anúncio -
- Anúncio -