O desembargador do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) Luís César de Paula Espíndola disse, na última quarta-feira (3), que “as mulheres estão loucas atrás de homens”. A fala foi proferida durante sessão de audiência da Corte que julgava o caso de uma menina de 12 anos que se sentiu assediada por um professor.

Em nota, ele disse que não tinha intenção de menosprezar o comportamento feminino.

A adolescente contou que, em uma ocasião, o professor teria mandado uma mensagem para ela durante o horário da aula com elogios, além de piscadas e olhadas maliciosas. Com medo, ela se escondia no banheiro para não frequentar a disciplina.

Espíndola não concordou em condenar o acusado por não querer “estragar a vida do professor”, além de afirmar que não se passava de ego de adolescente. Confrontado por uma desembargadora presente no julgamento, ele rebateu dizendo que os argumentos apresentados por ela eram alegações do “discurso feminista”.

“Se vossa excelência sair na rua hoje em dia, quem está assediando, quem está correndo atrás de homens, são as mulheres, porque não tem homem. Esse mercado está bem diferente. Hoje em dia, essa é a realidade, as mulheres estão loucas atrás de homens, porque são muitos poucos. É só sair a noite, eu não saio muito à noite, mas eu tenho funcionárias, tenho contato com o mundo. A mulherada está louca atrás dos homens”, fala Espíndola.

Compartilhe este artigo
Deixe um comentário
loader-image
Paraíba, BR
15:53, 21/07/2024
temperature icon 26°C
nuvens dispersas
Humidity 50 %
Pressure 1015 mb
Wind 31 Km/h
Wind Gust Wind Gust: 31 Km/h
Clouds Clouds: 48%
Visibility Visibility: 0 km
Sunrise Sunrise: 05:39
Sunset Sunset: 17:24
- Anúncio -
- Anúncio -