A cirurgiã plástica Ísis Lacerda, do Hospital de Trauma de Campina Grande, falou sobre o estado clínico da criança de sete anos que foi torturada e passou por uma cirurgia plástica para reconstituir parte do couro cabeludo.

Ela explicou que a criança foi operada sob o efeito de uma anestesia geral, e a pele do enxerto foi retirada da coxa.

Segundo Ísis, no próximo domingo (28) será feita uma verificação após a retirada do curativo para analisar se a cirurgia trouxe o resultado esperado.

“A criança está bem clinicamente. A cirurgia foi bem, nós fizemos um enxerto de pele no couro cabeludo. A gente faz a cirurgia, fecha com um curativo e esse curativo vai passar sete dias para ser aberto. Ela está bem, hoje ela está um pouco arredia, mas o comportamento dela tem oscilado muito”, disse.

Ísis ainda afirmou que a criança possui algumas marcas com formato redondo na coxa direita que parecem ser queimaduras feitas há algum tempo. Também disse que não existe razão de fazer cirurgia para retirar as cicatrizes da criança, tendo em vista que novas cirurgias também geram novas cicatrizes.

O menino de 7 anos foi vítima de tortura na cidade de Boqueirão e os principais suspeitos do crime são a mãe e o padrasto da criança.

Paraíba Online com informações veiculadas na Rádio Caturité FM

Compartilhe este artigo
Imagem do anúncio
loader-image
Paraíba, BR
09:57, 21/05/2024
temperature icon 28°C
nublado
Humidity 59 %
Pressure 1016 mb
Wind 19 Km/h
Wind Gust Wind Gust: 23 Km/h
Clouds Clouds: 69%
Visibility Visibility: 0 km
Sunrise Sunrise: 05:29
Sunset Sunset: 17:15
- Anúncio -