Eduardo dos Santos Pereira, mentor da “Barbárie de Queimadas”, teve a prisão mantida após audiência de custódia realizada pela Justiça do Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (21). Durante a audiência, Eduardo passou mal e foi levado ao hospital. 

De acordo com o delegado Diego Beltrão, da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco-PB), responsável pela prisão do criminoso na quarta-feira (19) em Rio das Ostras, afirmou que a Polícia do Rio de Janeiro informou que a transferência de Eduardo não foi apreciada durante a audiência de custódia. A vice-presidência do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro será responsável por essa avaliação. 

O acusado vai permanecer preso no Presídio José Frederico Marques, mais conhecido como Presídio de Benfica, no Rio de Janeiro. Eduardo dos Santos era considerado foragido desde o dia 17 de novembro de 2020, quando fugiu da Penitenciária de Segurança Máxima Doutor Romeu Gonçalves de Abrantes de João Pessoa, conhecida como PB1. 

IZABELLA PAJUÇARA E MICHELLE DOMINGUES MORRERAM APÓS ESTUPRO COLETIVO EM QUEIMADAS — FOTO: ARQUIVO PESSOAL

O acusado de ser mentor do crime foi condenado a 108 anos de prisão. Na época do crime, um estupro coletivo planejado contra cinco mulheres em uma festa de aniversário resultou na morte de duas delas, na madrugada do dia 12 de fevereiro de 2012, em Queimadas, no Agreste da Paraíba. 

Vídeo mostra prisão do acusado no Rio de Janeiro; veja:

Compartilhe este artigo
Imagem do anúncio
Deixe um comentário
loader-image
Paraíba, BR
04:27, 23/06/2024
temperature icon 20°C
nublado
Humidity 97 %
Pressure 1015 mb
Wind 14 Km/h
Wind Gust Wind Gust: 33 Km/h
Clouds Clouds: 73%
Visibility Visibility: 0 km
Sunrise Sunrise: 05:37
Sunset Sunset: 17:19
- Anúncio -