Viviane Alves FOI MORTA Em outubro de 2020, na cidade de Boqueirão, na Paraíba.

Artur Kelvin Lima Aires foi condenado a 23 anos de prisão pelo assassinato da ex-namorada, Viviane Alves Farias, em outubro de 2020, na cidade de Boqueirão, no Cariri da Paraíba. O julgamento ocorreu nesta quinta-feira (2), no Fórum Afonso Campos, em Campina Grande.

Na época, o acusado matou a ex-namorada, de 18 anos, com um tiro na cabeça quando ela estava com o novo namorado. O crime ocorreu após uma briga entre os três. Depois do crime, quando tentava fugir, Arthur foi atropelado pelo namorado de Viviane e acabou preso. A arma do crime ainda não foi encontrada.

Durante o julgamento, o acusado, de 24 anos, ficou em silêncio e chegou a passar mal. Após receber atendimento médico, ele retornou para a sessão. A defesa alegou que Arthur não teria atirado contra a ex-namorada e que a arma teria disparado acidentalmente.

A versão foi contestada pela promotoria do Ministério Público.

Compartilhe este artigo
Deixe um comentário
Imagem do anúncio
loader-image
Paraíba, BR
15:27, 20/05/2024
temperature icon 31°C
algumas nuvens
Humidity 39 %
Pressure 1012 mb
Wind 17 Km/h
Wind Gust Wind Gust: 17 Km/h
Clouds Clouds: 19%
Visibility Visibility: 0 km
Sunrise Sunrise: 05:29
Sunset Sunset: 17:15
- Anúncio -