O presidente dos EUA, Joe Biden, defendeu Israel nesta segunda-feira (20) em um evento do Mês da Herança Judaica Americana na Casa Branca. Biden disse que as forças israelenses não estão cometendo genocídio na guerra contra o Hamas em Gaza e rejeitou críticas de manifestantes pró-palestinos.

“O que está acontecendo em Gaza não é genocídio. Rejeitamos isso”, afirmou.

Em muitos de seus eventos ao redor do país, Biden tem sido alvo de protestos de ativistas pró-palestinos, que o rotularam de “Joe Genocida” pelo seu apoio a Israel.

Em comentários no evento na Casa Branca, o presidente enfatizou sua opinião de que Israel foi a vítima desde o ataque de 7 de outubro do Hamas no sul do país, em que 1.200 pessoas foram mortas e centenas foram levadas como reféns.

Ele afirmou que o apoio dos EUA à segurança dos israelenses é “inabalável”.

“Estamos ao lado de Israel para eliminar (o líder do Hamas, Yahya) Sinwar e o resto dos integrantes do Hamas. Queremos o Hamas derrotado. Estamos trabalhando com Israel para que isso aconteça”, acrescentou.

As negociações entre Israel e o Hamas estagnaram na tentativa de obter a liberdade de reféns doentes, idosos e feridos ainda detidos pelos militantes, mas Biden prometeu não desistir.

“Vamos levá-los para casa, vamos levá-los para casa, faça chuva ou faça sol”, disse Biden.

O presidente também apelou por um cessar-fogo imediato em Gaza, algo que reiterou no seu discurso de formatura no Morehouse College no domingo (19).

Já nesta segunda-feira (20), o líder americano rejeitou a decisão do promotor do Tribunal Penal Internacional de solicitar mandados de prisão contra o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, e seu chefe de Defesa por supostos crimes de guerra.

O promotor do TPI também disse que solicitou mandados de prisão para o chefe do Hamas, Sinwar, e dois outros líderes do grupo.

Nos últimos meses, Biden tem enfrentado uma pressão política crescente do seu próprio partido sobre a forma como lidou com o conflito de Gaza, à medida que o número de mortos palestinos subiu para mais de 35 mil pessoas, de acordo com o Ministério da Saúde de Gaza, e o cerco de Israel criou terríveis condições humanitárias no território.

Com CNN Brasil

Compartilhe este artigo
Imagem do anúncio
Deixe um comentário
loader-image
Paraíba, BR
13:06, 16/06/2024
temperature icon 29°C
nuvens dispersas
Humidity 42 %
Pressure 1014 mb
Wind 28 Km/h
Wind Gust Wind Gust: 31 Km/h
Clouds Clouds: 46%
Visibility Visibility: 0 km
Sunrise Sunrise: 05:35
Sunset Sunset: 17:17
- Anúncio -