o cantor Delaveyga e os jornalistas Anderson Lira e Tomás Magno. foto: gabriel cirne.

Neste domingo (07), o cantor Delaveyga foi o décimo convidado do projeto #FORRÓCAST. O programa conta com uma rotatividade de apresentadores em cada episódio e nesse foi comandado pelos jornalistas Anderson Lira e Tomás Magno. As exibições dos episódios ocorrem AO VIVO de quarta à domingo durante O Maior São João do Mundo em todas as plataformas digitais do Blog do Márcio Rangel.

A entrevista foi iniciada com a revelação da origem do nome Delaveyga, tratando-se de um nome artístico. “Começou como Adriano Delaveyga, mas por conta das questões de logomarca e marketing o meu amigo Isaac me aconselhou a ficar apenas o Delaveyga, por isso minha marca é o D, um microfone e os leds, com coisas muito coloridas no meu show”, detalhou o cantor.

Uma das principais características do artista é o jeito despojado de ser e o fato de ser um cantor que adere a vários ritmos, identificando-se com o ritmo eclético. Durante o bate-papo, ele falou sobre o início da carreira. “Comecei aos 16 anos em bandas de forró, cheguei a cantar na antiga banda de forró Fogo de Menina, aqui de Campina Grande, na Banda de Cajú, mas o meu ponto de partida, onde eu tive que cantar de tudo, foi na banda Dage. A partir daí, tive que estudar espanhol, inglês, porque naquela época se abria shows cantando Freddie Mercury, Scorpions. Aos 20 anos de idade fui morar em Curitiba, trabalhei em bandas de bairro e uma delas foi a Olho D’água, que eu tive a oportunidade de conhecer todo Brasil” contou Delaveyga.

o cantor Delaveyga foi o décimo convidado do projeto #FORRÓCAST. foto: gabriel cirne.

Ao longo da entrevista, o artista cantou sucessos de alguns cantores do ritmo forró, como Luiz Gonzaga, além do grande sucesso “Garçon”, do cantor Reginaldo Rossi. Ele ainda revelou alguns perrengues que já enfrentou durante a carreira e como a fé o ajudou a superar momentos difíceis. “Eu sofri acidente, a banda já foi sequestrada na estrada, que foi um dos meus maiores traumas. Voltando de um show na Bahia, passando na divisa entre Minas Gerais e Góias, dois carros pararam nosso ônibus e nove bandidos metralharam os pneus e gritaram pra gente parar. Colocaram as armas na nossa cabeça, bateram no dono da banda, sofremos pressão psicológica para entregar o dinheiro dos shows, bateram em outros integrantes da banda, mas em mim os caras não relaram a mão, eu estava muito apegado a Deus naquele momento. Roubaram as coisas de todo mundo, mas as minhas coisas estavam todas lá”, declarou.

O projeto, traz durante o período junino, mais inovação e tecnologia, utilizando drones e equipamentos móveis. O portal de notícias Blog do Márcio Rangel, se destaca por ser o único veículo de Campina Grande a cobrir de forma completa o Maior São João do Mundo.

Texto: Gabriel Cirne.

Compartilhe este artigo
Imagem do anúncio
Deixe um comentário
loader-image
Paraíba, BR
03:57, 23/06/2024
temperature icon 20°C
nublado
Humidity 97 %
Pressure 1015 mb
Wind 14 Km/h
Wind Gust Wind Gust: 33 Km/h
Clouds Clouds: 73%
Visibility Visibility: 0 km
Sunrise Sunrise: 05:37
Sunset Sunset: 17:19
- Anúncio -