A ré Ivonete Pereira da Silva e a vítima rodrigo Pereira Brito de Araújo.

A ré Ivonete Pereira da Silva será julgada, nesta terça-feira (11), no 1º Tribunal do Júri em Campina Grande pelo homicídio de seu filho no dia 4 de setembro de 2016, por volta das 6h30, no Sítio Canta Galo, Município de Massaranduba, na Paraíba.

A vítima, Rodrigo Pereira Brito de Araújo, era portadora de deficiência intelectual e, na época do crime, tinha 21 anos de idade. 

O processo informa que a ré teria jogado seu próprio filho em uma cisterna cheia d’água, mesmo sabendo que o rapaz poderia morrer afogado, já que a vítima não sabia nadar. A ré foi presa em flagrante delito.

A ré foi denunciada por homicídio simples, mas a denúncia foi aditada por tudo que foi narrado e verificado na instrução processual. Foram considerados critérios para qualificar o homicídio doloso, através da utilização de meios cruéis e levando em consideração que o crime foi cometido contra pessoa com deficiência.

Compartilhe este artigo
Imagem do anúncio
Deixe um comentário
loader-image
Paraíba, BR
12:49, 16/06/2024
temperature icon 29°C
nuvens dispersas
Humidity 42 %
Pressure 1014 mb
Wind 28 Km/h
Wind Gust Wind Gust: 31 Km/h
Clouds Clouds: 46%
Visibility Visibility: 0 km
Sunrise Sunrise: 05:35
Sunset Sunset: 17:17
- Anúncio -