Ricardo Galvão foi exonerado pelo governo de Bolsonaro no dia 2 de agosto. Foto: Reprodução/Inpe

Em meio aos índices alarmantes de queimadas florestais que teriam, inclusive, levado nuvens de fumaça a cidades como São Paulo, o ex-presidente do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Ricardo Galvão, desembarca no Recife nesta sexta-feira (23) para falar sobre a controvérsia de dados de desmatamento no país que teriam culminado na sua exoneração.

O comentário será feito durante um colóquio do departamento de física da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), cujo tema é “O Inpe e o Monitoramento dos Biomas Brasileiros”. O evento começar às 16h, no auditório Professor Newton Maia, no Centro de Tecnologia e Geociências (CTG). A entrada é gratuita e não é necessário fazer inscrição.

Professor do Instituto de Física da Universidade de São Paulo (USP), Ricardo Galvão detalhará ainda os sistemas de monitoramento do desmatamento nos diversos biomas brasileiros. A medição das queimadas é feita por meio de imagens de satélites e já foi questionada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), que chegou a classificar os dados do instituto como mentirosos.

O episódio levou à demissão de Ricardo Galvão no dia 2 de agosto. Na época, ele alertou sobre o aumento do desmatamento. Segundo o Inpe, neste ano foram registrados 72 mil incêndios, um aumento de 83% em relação ao ano passado. A maioria ocorre na região amazônica.

Rebeca Silva —  OP9

Compartilhe este artigo
Imagem do anúncio
loader-image
Paraíba, BR
13:07, 28/05/2024
temperature icon 30°C
nublado
Humidity 51 %
Pressure 1014 mb
Wind 22 Km/h
Wind Gust Wind Gust: 23 Km/h
Clouds Clouds: 86%
Visibility Visibility: 0 km
Sunrise Sunrise: 05:31
Sunset Sunset: 17:15
- Anúncio -